desGooglamento HowTo

 

Finalmente consegui me desGooglar! Quase, pois ainda tem um ou dois serviços que eu gosto e acho que valem a pena manter. Mas aquela monitoria e dependência completa já era. Abaixo descrevo como fiz isso. Este é o Tutorial de desgooglamento.

Claro que não queremos abrir mão de algumas facilidades, como agenda de contados e compromissos sincronizados “on-line”, bate-papo, office on-line e claro, e-mail. E se não tiver o Google para fazer isso, será necessário ter um outro servidor capaz de fazê-lo. No meu caso os salvadores da pátria foram o Software Livre Zimbra e o serviço Zoho. Pelo menos para a maior parte dos recursos.

É importante estar disposto a gastar um pouco de dinheiro no processo. Liberdade tem preço e na maioria das vezes, custa muito mais do que o orçamento de R$ 10,00 por mês que prevejo aqui.

Então vamos lá:

1) Conta de e-mail com Zimbra

Tenha uma conta de e-mail em um servidor Zimbra. Você pode baixar e instalar o Zimbra, mas eu acho que isso não é algo viável para a maioria dos humanos, portanto o meio mais simples é contratar uma conta em um provedor que use Zimbra. É claro que uma busca na web – http://duckduckgo.com – relacionará diversas opções.

Em benefício próprio indico o KyaHosting – http://www.kyahosting.com, o custo por lá é de R$ 6,50 por conta de e-mail. bastante justo.

O Zimbra permitirá, através do protocolo DAV – Distributed Authoring and Versioning, a sincronização de contatos, tarefas e calendário. Uma mão na roda!

Depois de criada sua conta, pode-se avisar a todos o seu novo endereço e então, mover as mensagens importantes do Gmail para a nova conta, e apagar o que não for fundamental. Eu não estou dizendo que a conta do gmail deve ser apagada, apenas usada para coisas menos importantes. Pode-se inclusive fazer o Zimbra ler a caixa postal do Gmail via IMAP. Eu fiz isso e mais abaixo explico porque.

2) Contatos, calendário e tarefas

Migrar seus contatos, agenda de compromissos e tarefas é algo delicado e deve ser feito com cuidado. O legal é que não há como perder dados, porque deve-se fazer uma exportação do Google e uma importação no Zimbra.

No momento de exportar os dados do Google selecione o tipo “vCard” de cada um deles. Esse é o formato de importação que o Zimbra reconhece numa boa.

Infelizmente o Zimbra não entende campos personalizados. Então se você costumava definir nomes diferentes aos campos dos contatos, por exemplo, eles não serão reconhecidos. Aconteceu comigo, pois eu usava campos para identificar a operadora de cada número. No meu novo ambiente Mobile significa Oi e Pager significa Tim. Um incômodo pequeno, mas real.

3) Chat, IM ou bate-papo

Eu decidi que não queria mais ter minhas conversas analisadas completamente. É claro que a maioria das pessoas tem Gtalk e se eu me comunico com elas não adiantou muito. Mas estou tentando subverter meu amigos a adotarem o Jabber.

Crie uma conta de bate-papo em um servidor Jabber qualquer. Eu escolhi o jabber-br.org, só para ter o “br” na conta. Achei legal!

A conta não é criada no site deles, mas através do cliente de bate-papo, ou seja, tem que usar o Kopete, Pidgin, Empathy ou qualquer outro que permita criação de contas Jabber. Basta preencher os dados e adicionar seus contatos.

No campo usuário teste assim: seunome@jabber-org.br

A parte chata, de sempre, é ter que adicionar todos os amigos de novo. E não se preocupe, pode-se adicionar os contatos do Gmail na boa, ou seja, o jabber-br.org se comunica perfeitamente bem com o GTalk.

4) Google Docs

A melhor opção que encontrei foi o Zoho – http://www.zoho.com, pois a outra seria usar o serviço 365 da Microsoft. Sem chance!

O Zoho é bem mais poderoso que o Google Docs e funciona muito bem. A única coisa que eu não gostei é que ele não permite a edição conjunta em tempo real, onde um vê o que o outro está fazendo. Mas eu posso viver sem isso.

Zoho é gratuito até um determinado volume de dados. Mesmo assim os valores são bem baixos para ter a garantia de que seus dados não serão monitorados de nenhuma forma.

Além disso a importação dos arquivos é feita de forma direta. O Zoho tem uma ferramenta que lê o disco do Google e importa diretamente. Muito prático.

5) google.com

Pesquisar no google é ótimo. Eu sempre fui um fã do buscador: sua eficiência e velocidade sempre me maravilharam. Mas depois de alguns anos confesso que a invasão e coleta de dados me incomodam tanto que eu mudei meu buscador padrão para duckduckgo.com. É claro que você pode argumentar que eu troquei seis por meia dúzia, mas não é assim. A duckduckgo.com tem uma licença de uso com cláusulas muito claras sobre o respeito à privacidade e à não coleta de dados.

Por quanto tempo a duckduckgo.com e a Zoho manterão o compromisso? Não sei. Mas a verdade é que o Google não tem mais nenhum. Portanto é hora de mudar.

6) Google Chrome

A Google é genial! E isso é um perigo. Eles perceberam que monitorar apenas os conteúdos dos serviços deles era insuficiente e passaram então a monitorar toda a sua navegação. Absolutamente tudo. Como? Te dando, “de graça”, o melhor navegador web da atualidade: Google Chrome.

O comportamento normal é logar no Gmail, deixar essa aba aberta para ver os e-mails e bater-papo, enquanto nas demais se navega pela Internet. Certo? E assim eles coletam todos os dados de sua nevagação geral. Cada site, cada texto, cada comentário, ou seja, tudo.

Por isso eu não uso mais o Chrome nem o Chromium. Migrei de volta para o Firefox. E estou bem satisfeito. Fico muito feliz em ver que o bom e velho FF melhorou muito e os motivos que me levaram ao Chrome foram sanados.

Mas não adianta nada mudar para o Firefox – ou qualquer outro navegador – se você continuar logando no Gmail e deixando ele aberto, enquanto surfa na web. A solução para não deixar de ver os e-mail – poucos – que ainda chegam no Gmail é usar um cliente de e-mail para acessar via IMAP. No meu caso eu adicionei a conta do Gmail no Zimbra e acessando via IMAP acesso os e-mails de lá.

7) Libertando o Android

Entenda: libertar o Android significa não fazer login da sua conta do gmail no momento de ligar seu celular. É través dessa conexão que o Google sabe tudo o que você faz: as ligações, SMS, contatos, compromissos, aplicativos e até mesmo sua posição geográfica em tempo real!

O fator que gera mais dependência é o Google Play. Afinal de contas todos queremos ter aqueles aplicativos fantásticos que servem para… bom, para quase nada, mas que todos adoramos. E sem logar a conta do gmail não se pode usar o Google Play.

O outro fator é a sincronia de dados: contatos, agenda e tarefas. Então vou explicar como resolvi isso:

a) Tente remover sua conta do Gmail em Configurações -> Contas e Sincronização

Eu realmente me surpreendi com a tentativa, pois em meu Tablet ele removeu a conta sem nenhum problema. Já no meu celular não foi possível. Tive que zerar o celular.

Se o seu dispositivo não permitiu a remoção da conta:

a.1) Faça uma lista dos aplicativos que tem instalados. Nem que seja dos mais fundamentais e aproveite para desinstalar aqueles aplicativos menos importantes que sempre deixamos para remover depois;

a.2) Restaure o padrão de fábrica -> Configurações -> Privacidade -> Restaurar o padrão de fábrica. Este procedimento removerá todos os aplicativos, mas não seus dados. Além do mais você tem todos os dados salvos em arquivos pela exportação do site do Gmail, lembra? Seu cartão de memória também não será tocado. Não se trata de uma formatação, apenas de um desligamento da conta do Gmail. Você e o seu dispositivo vão sobreviver.

Se o seu dispositivo permitiu a remoção da conta ou você Restaurou o padrão de fábrica:

b) Visite o site http://m.aptoide.com/installer e instale o aplicativo Aptoide. Este será seu novo “Google Play”. Ele lista milhares de aplicativos, incluindo quase tudo o que existe no original. Mas sem precisar logar, validar e deixar rastro.

c) Use o Aptoide e instale o programa CardDav para fazer a sincronização dos contatos. NO campo do servidor coloque: https://servidor_zimbra/dav e, claro, nos campos de usuário e senha o óbvio.

Atenção para o campo que define o sentido da sincronização. Por padrão ele vem para só sincronizar do Servidor para o dispositivo. Eu desmarquei isso e estou feliz com o “two way”.

d) Se quiser – deverá querer – sincronizar agenda e tarefas é melhor investir U$ 5,00 dólares no CalDAV que é do mesmo desenvolvedor e pode ser comprado aqui: http://www.androidpit.de

O processo de configuração é o mesmo.

8) Mudando o contato em seus serviços

Mas nada disso fará muita diferença se você não dedicar um bom tempo a mudar seus contatos em todos os serviços on-line que você usa. Talvez esse seja o maior de todos os desafios: mudar seus contatos, avisar seus amigos que não quer mais usar a conta do Gmail para coisas sérias por não querer ter sua privacidade invadida.

E não adianta nada fazer redirecionamento. Porque as mensagens ao passarem pelo Gmail serão tratados e analisados.

Bem vindo a uma vida on-line sem que o Google rastreie cada passo de sua existência. É claro que ela conseguirá coletar alguns dos meus dados, mas a culpa será sua, por não ter dado a devida importância a sua privacidade.

 

Saudações Livres!

@anahuacpg

————————————————————————————-

Originalmente postado em 6 de fevereiro de 2013