Minidebconf e FISL são sem Ubuntu

Ao que parece eu não sou o único a perceber que há opções mais alinhadas com o Software Livre do que o Ubuntu. O FISL acaba de publicar que este ano usará Debian em suas máquinas.

Tenho muito orgulho do caráter revolucionário do FISL e fico muito feliz pela decisão. Agora é unir ainda mais os ativistas de Software Livre para que no ano que vem possamos ter um FISL usando uma distribuição homologada pela FSF.

Enquanto isso os OSIstas podem e devem se mostrar cada vez mais, para deixar clara a diferença entre um movimento que tenta transformar o mundo em um lugar melhor e outro que atende aos anseios do mercado e sua sede de produtividade.

Você quer ajudar o Software Livre? Então dê um primeiro passo fundamental: não use Ubuntu. E o segundo? Quando for comprar seu próximo notebook, escolha um compatível com o Trisquel. E o terceiro? Não use Linux como sinônimo do sistema operacional. Diga apenas GNU. E o quarto? Não use o Tux como símbolo do Software Livre. Use o Freedo.

Aos poucos vamos resgatar e formar uma nova geração de ativistas de Software Livre e não de Open Source. Um passo de cada vez.

Confira no link abaixo:

http://softwarelivre.org/fisl16/noticias/minidebconf-acontecera-durante-o-fisl16-e-computadores-do-evento-voltam-a-ter-debian-instalado